Entrevista de Rarafónica a Gonzalo Parada (Presidente del CSANF)

Tamil Eelam Football Team -Viva World Cup 2012

sábado, 2 de abril de 2011

Uefa - União das Equipes do Futebol Amador de Bauru - SP


Ausente nas reuniões o Parquinho, clube com o maior número de títulos do futebol amador de Bauru, parecia prever que o campeonato deste ano, sob a tutela da Uefa - União das Equipes do Futebol Amador de Bauru, entidade criada às pressas, o ano passado, pelos clubes, para gerir o campeonato da então Liga Regional de Futebol de Bauru, extinta em junho, não se realizaria.

Em reunião nesta segunda-feira, marcada às 9 horas, mas iniciada as 9h30, na Semel, três dos 10 clubes que restaram da antiga LRFB, alegaram não condição de disputar o campeonato, a partir de 15 de maio, como antes programado.

O Oriente, campeão em 2005 e o São Francisco, um dos mais antigos do futebol bauruense, alegaram, através de seus representantes, Eliezer de Freitas e Alfredo Lima, respectivamente, dificuldade de logística para disputar.

O Redentor, representado pelo seu presidente Éderson Reis, o Biro, observou que o clube estará disputando a partir de março, a 1ª Copa Baurucap “e em assim sendo não temos como manter dois elencos”, disse.

Se com 10 clubes já seria complicado realizar o campeonato, com sete torna-se inviável. Assim, além de Parquinho, Estrela, Geisel, Ressaca, Luziana, Fluminense e Beija Flor, atual campeão, não têm motivação para disputar um campeonato fragilizado.

Os outros três times do campeonato do ano passado se distanciaram. O Ordem e Progresso voltou à Liga Bauruense de Futebol Amador, onde conquistou o título pela última vez em 2001. O Triagem não disputará campeonatos neste ano e o Laranjeiras, campeão de 2009, entrou com pedido de licença.

Novo campeonato
Antes da reunião na Semel, o secretário de Esportes, José Carlos de Souza Pereira, o Batata, confirmou “para a partir de maio” a realização de um supercampeonato envolvendo os 10 times que sobraram da ex-LRFB e formam atualmente a Uefa, ainda sem o devido registro nos órgãos competentes, e mais 10 times.

Os outros 10 “virão” segundo Batata da Liga Bauruense, “possivelmente os 10 primeiros colocados do ano passado, através de um ranking ou até mesmo por indicação ou convite”, disse.

Batata garantiu a presença dos clubes da LBFA, pois “um dos patrocinadores já procurou e conversou com o Vicente”, se referindo a Vicente Silvestre, presidente reeleito, em dezembro, da Liga Bauruense de Futebol Amador que em junho próximo completará 80 anos de atividade.