Entrevista de Rarafónica a Gonzalo Parada (Presidente del CSANF)

Tamil Eelam Football Team -Viva World Cup 2012

sábado, 12 de diciembre de 2009

1ª Copa de Futebol Indigena reúne representantes de 8 municípios em Manaus



Começa nesta segunda-feira, em Manaus, a 1ª Copa de Futebol Indígena. O evento, idealizado pela Secretaria de Estado da Juventude Desporto e Lazer - Sejel e Secretaria de Estado para os Povos Indígenas – Seind, vai ser realizado no Estádio Vivaldo Lima. O evento é das últimas atividades do Vivaldão, antes de sua implosão, prevista para o início de 2010.

A copa vai trazer para o gramado 10 equipes de futebol, representando os municípios de Tabatinga, São Paulo de Olivença, Autazes, Manaus, Iranduba, Benjamin Constant, São Gabriel da Cachoeira, Nhamundá, Barreirinha e Borba.

A abertura será às 6h da tarde, com o desfile das equipes. Após a execução do Hino Nacional Brasileiro, que será cantado em língua Ticuna, acontece o jogo de abertura, entre as equipes de Manaus e São Paulo de Olivença.

O Estádio Vivaldo Lima será o palco da abertura e encerramento, com as partidas das semifinais e finais marcadas para os dias 5 e 6 de dezembro, respectivamente. Os demais jogos serão disputados nos campos das faculdades Nilton Lins e Ulbra, num formato de disputa em duas chaves, A e B, com 5 equipes cada, no período de 30 de novembro a 04 de dezembro.

Para receber os jogadores na capital amazonense durante a competição, foram disponibilizados leitos no hotel da Fundação Vila Olímpica, no alojamento do próprio Estádio Vivaldo Lima e na Seduc. A premiação será composta de troféus e medalhas.




O time São Paulo de Olivença conquistou o título de campeão da 1ª Copa Indígena de Futebol do Amazonas, neste domingo (6).
A final foi disputada contra o Autazes e terminou com o placar de 1 a 0, gol marcado pelo atacante Evanir, logo aos 7 min do 1º tempo, no Estádio Vivaldo Lima, o Vivaldão, em Manaus.O jogo também marcou o encerramento do Fórum Amazonas Indígena (Forind) e fechou as atividades oficiais do Vivaldão, antes de ser demolido para a construção de uma nova arena para a Copa do Mundo de 2014.Evanir será conhecido como o último jogador a marcar gol no estádio Vivaldão, que não abrigará mais jogos de futebol. Estudante do ensino médio e produtor rural, ele dedicou a façanha aos companheiros de time. "O grupo merece essa vitória. Minha família também", disse. No jogo preliminar, o time do Barreirinha goleou o Benjamin Constant por 10 a 3 e ficou com a terceira colocação. Apesar da derrota, o goleiro Alberney Mura, do Autazes, foi o menos vazado da competição, em seis partidas disputadas. Ele sofreu apenas um gol, o da partida final.A Copa Indígena de Futebol contou com a participação de dez seleções, representando 25 povos amazonenses. As outras seis equipes que estiveram no torneio foram Manaus, São Gabriel da Cachoeira, Tabatinga, Iranduba, Borba e Nhamundá.O artilheiro da Copa Indígena de Futebol foi o atacante César Silva, do Barreirinha, com sete gols. Os jogadores receberam R$ 2 mil de premiação. Os atletas que ficaram com a segunda colocação vão receber R$ 1 mil. "Foram precisos 40 anos para que um governo reconhecesse que os indígenas também deram sua colaboração para o futebol", disse o secretário da Seind, Jecinaldo Sateré-Mawé.

http://www.amazonasnoticias.com.br/esporte/1405-sao-paulo-e-campeao-da-i-copa-indigena-de-futebol.html

0 comentarios: